Secretários estaduais de Saúde se queixam que o ministro Nelson Teich se recusa a recebê-los e chamam a atenção para o contraste com a gestão anterior de Luiz Henrique Mandetta, quando as reuniões técnicas com o Ministério da Saúde aconteciam diariamente.


Produção: Brasil 247 / Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

247 - Os secretários de Saúde se referem ao novo ministro Nelson Teich como frio, distante, tutelado e vacilante. Os gestores estaduais dizem que desde 17 de abril, quando o novo ministro tomou posse, a interlocução com o Ministério da Saúde é inexistente.


Os secretários não conseguiram até agora marcar nenhuma reunião com Teich, informa o Painel da Folha de S.Paulo.


O fato é mais grave quando se sabe que foi justamente neste período que a pandemia atingiu níveis críticos no país, com o aumento do número de contágios e mortes.


Edição: Brasil 247 e Web Rádio e TV Muira-Ubi

Leia Mais Aqui

Deixe seu Comentário